quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Curso de técnicas básicas de Gastronomia com a Chef Vanessa Bellini


Bandana by Gloriete Abs


No período de 12 a 16 de Dezembro de 2013, aconteceu o curso de técnicas básicas de gastronomia com a Chef de cozinha Vanessa La Bellini Consultoria. O curso foi bastante interessante e foi ensinado várias dicas de pratos como: Entrada, prato principal e sobremesa. E no último dia de curso uma ceia de Natal e o básico que deveria conter na mesa. O curso aconteceu no Atelier da cake Juliana Pacheco próximo a Fits.

Sobre as minhas impressões gastronômicas:

O curso de técnicas básicas gastronômicas recomendo para qualquer um, pois, nos dá o prazer de aprender várias coisas no âmbito da cozinha e melhorar o que degustamos de forma saborosa e saudável. Transformar o alimento em algo que te dá prazer é muito gratificante e o melhor quando as pessoas elogiam o que você fez com tanto amor. Então quem não fez o curso, na próxima vez faça, pois, aumenta nosso saber e fazer gastronômico.


Fotos dos pratos:
Ratatouille
Filé com queijos
Coxa e sobrecoxa de frango grelhada ao velouté escuro
Filé com molho
Entradinha de Berinjela com rúcula e tomate seco
Básico strogonoff de filé!
Supremo de frango recheado com pasta de nozes e manjericão ao molho de queijos e rosas
Salmão grelhado com manteiga clarificada,alcaparras e flores
Parpadelle integral ao molho rosê e perfume de physallis
Supremo de frango recheado com pasta de nozes e manjericão ao velouté escuro
Parpadelle integral ao sugo e tomatinhos cereja
Salmão
Saladas

Parpadelle ao molho de queijos e rosas
Face: https://www.facebook.com/vanessa.bellini.940






terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Fazenda Maria e sua inovação no mercado gastronômico




Quando surgiu a Fazenda Santa Maria? E contem um pouco da história de vocês.

A Fazenda Maria surgiu depois de uma pesquisa de mercado que constatou uma carência muito grande de flores diferenciadas para a alta-gastronomia. Flores comuns na Europa e EUA ainda não eram cultivadas por aqui como alimento. Por isso, decidimos inovar e produzir produtos raros que agradariam os grandes Chefs de cozinha. E foi assim que começamos, e através da propaganda boca a boca, hoje atendemos mais de 300 clientes pelo Brasil.

Qual o diferencial de vocês?

Nosso diferencial sem dúvida alguma é nosso atendimento pré e pós-venda. Ouvimos muito nosso cliente através de feedback, que é utilizado sempre em prol da empresa, garantindo constante inovação.

Quais são os produtos cultivados na fazenda?

Nosso carro chefe são os brotos e flores comestíveis. Mas também trabalhamos com mais de 30 tipos de ervas aromáticas frescas, alfaces comuns e diferenciados, mini legumes e também as famosas orquídeas comestíveis.

Onde vocês buscam informações para melhoria de serviços e produtos oferecidos pela fazenda?

Procuramos sempre acompanhar o mercado americano e europeu, que sem dúvida alguma, continuam em nossa frente referente à esses produtos. E, imprescindivelmente, a voz de nosso cliente. Ele é a nossa base para seguirmos nosso rumo.

Vocês já pensaram ter um profissional bibliotecário na fazenda fazendo pesquisas na área em que atuam?

Nunca pensamos nessa ideia. Mas indiretamente acabamos fazendo isso, estamos sempre lendo livros, jornais, nos informando, indo a feiras, fazendo viagens, sempre em busca de informações para podermos debater tanto perante o cliente como ter certo conhecimento produtivo. Pois, plantas são sazonais, tem especificações próprias. Temos também de orientar nossos funcionários e informar nossos clientes sobre as adversidades de se trabalhar com produtos vivos.

Quais são os clientes que a fazenda atende?

Atendemos 90 % alta gastronomia. São buffets, restaurantes, personal chefs, donas-de-casa. Nosso produto tem muito valor agregado, é especial e atende todos aqueles que procuram enaltecer seus pratos com sabor, beleza e saúde.

Contato facebook: https://www.facebook.com/fazenda.maria?ref=ts&fref=ts

domingo, 24 de novembro de 2013

10 tendências gastronômicas para 2014

Em minhas leituras na net e em sites me deparei com essa matéria muito interessante de Pedro Wolff do site comer com pedro sobre as 10 tendências para 2014.

São elas:

1. Chega a vez do limão siciliano

Para cima e para baixo, vejo limão siciliano, hoje em dia. Parece que os brasileiros descobriram essa fruta, depois de tantos programas e livros de receitas internacionais. Os preços até reduziram bastante. Portanto, podem se preparar para ver tortas, sorvetes, bolos, doces e muitas outras receitas com limão siciliano por aí.

2. Chá verde além do chá

O chá verde invadiu o Brasil com a febre dos restaurantes japoneses. Depois, acabou se estabelecendo por conta do grande comércio de produtos orientais. Agora, ele chega em diversas formas. A mais comum é a do sorvete, mas é possível esperar até mesmo em outras formas geladas para o verão que está chegando.

3. A dieta mediterrânea

Certo, Nigella e Jamie Oliver parecem ter vencido. A dieta mediterrânea com seus sabores simples, ingredientes frescos e facilidade de preparo invadiu nossas cozinhas. Talvez por causa da nossa forte colonização italiana e libanesa, acabamos por integrar facilmente essa dieta no nosso cotidiano. Podem estar preparados para um aumento dela, com pizzas caseiras, tomates secos (de novo!) e outros ingredientes do tipo.

4. Leite de castanhas

Os leites produzidos a partir de castanhas como amêndoas, castanhas do Pará e outras estão se tornando cada vez mais populares. Supostamente, são saudáveis por não conterem lactose. Eles devem invadir as gôndolas dos supermercados nos próximos meses. Pessoalmente, acho bastante saborosos!

5. A redenção da gema de ovo

Às vezes são consideradas calóricas, outras vezes, ricas em colesterol. Depois, dizem que faz bem. O fato é que as gemas estão em todo lugar: no pão, no macarrão, no hambúrguer… Parece que estão redescobrindo os valores nutritivos da gema de ovo e ela deve voltar com tudo em 2014. Até condenarem de novo…

6. Cozinha caseira refinada

Existe também uma proliferação de livros de cozinha brasileira. A moda retrô nunca sai de moda, mas novos ingredientes surgem e substituem coisas que já foram consideradas pesadas demais. Vamos começar a ver as receitas da vovó tomando novos sabores e formas nos pratos caseiros.

7. Voltam os ensopados e cozidos a vapor

Talvez inspirados na Nova Dieta Nórdica, os pratos de peixe ensopado e legumes cozidos a vapor devem voltar à moda. Escoffier chamava essa técnica culinária de à l’anglaise. Ele depreciava as carnes cozidas em água fervente, dizendo que só os ingleses poderiam gostar disso. A verdade é que há muito mais sabor nisso do que podemos imaginar à primeira vista.

8. Algas servirão para mais do que o sushi

Outra tendência trazida pelos nórdicos é o consumo de algas marinhas. Elas são ricas em sabor e é com elas que se faz o aji no moto, por exemplo. Podem enriquecer tremendamente um prato e fazem bem à saúde. Portando, as lojinhas chinesas devem começar a vender um pouco mais dessas hortaliças do mar.

9. O macarrão ganha novo status

Eu adoro fazer massa em casa e a Itália parece estar com tudo, por esses tempos. Portanto, tudo me faz acreditar que as massas especiais vão invadir o mercado. Macarrão caseiro, com tinta de lula e em formatos raros deve se tornar cada vez mais comuns no mercado em 2014.

10. Da roça à mesa

Produtos orgânicos estão crescendo em quantidade e diminuindo em preço. Há um forte movimento entre chefs renomados para valorizar os ingredientes locais e os pequenos produtores rurais. É provável que pequenos mercados especializados nesses produtos fiquem mais e mais comuns em 2014.

Fonte: http://www.comercompedro.com/2013/11/05/10-tendencias-gastronomicas-para-2014/

sábado, 16 de novembro de 2013

Especial de Natal com bolos decorados com cake designer - Juliana Pacheco

O Natal é a data onde comemoramos o nascimento de Cristo e onde nos reunimos com nossa família para celebrar a paz, a harmonia e principalmente o Amor. 

"Então na sua mesa de Natal não pode faltar motivos natalinos como decoração e para degustação". 

Tive o prazer de conhecer o trabalho dessa "artista" que trabalha com decoração de bolos e várias outras formas de expressão da culinária. Mas aqui mostrarei um pouco do trabalho da Cake designer Juliana Pacheco.

Tema: bolos decorados com motivos natalinos

Contato: doceartemcz@hotmail.com.br
Tel: 3235 - 3951







quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Chef Ferran Adrià fala sobre "Wikipédia gastronômica"


O chef espanhol esteve em São Paulo e falou sobre a Bullipedia.



A Bullipedia será uma biblioteca on-line colaborativa de gastronomia e irá catalogar e organizar ingredientes, técnicas, preparos e teses sobre alimentos, com ajuda de universidades e escolas especializadas do mundo todo, além de especialistas voluntários. A ideia é ser uma referência a profissionais, estudantes e interessados no tema.

"Queremos fazer um Google melhor", disse o chef acerca do projeto Bullipedia.

Adrià afirma que na Wikipédia há pouca informação sobre gastronomia. Ele diz que o objetivo da sua Wiki não é ter milhões de verbetes, mas ser uma ferramenta para que as pessoas possam compreender o significado de cozinha e compartilhar conhecimento e informação.

A ferramenta terá um banco de dados de fornecedores de produtos, em janeiro de 2015, teses sobre cozinhas populares de diferentes países (batizadas de 'CuTesis' na Bullipedia) no mesmo ano e, a partir de 2016, algumas receitas como referência. A tradução do conteúdo do espanhol para outros idiomas, segundo o chef, dependerá do interesse de cada país.

Fonte: Divulga Biblio

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Técnicas básicas de culinária e gastronomia - Chef Vanessa Bellini - Ba



Está querendo inovar na sua casa, surpreender seus amigos, sua família???
Venha aprender com essa super chef, super dicas e receitas para arrasar nos seus eventos!!!

Público alvo: Donas de casa, curiosos por gastronomia, estudantes de gastronomia, nutrição...

ATENÇÃO SÃO VAGAS LIMITADAS!!!!






segunda-feira, 14 de outubro de 2013

O E-gourmet - um aplicativo interativo para bares e restaurante e similares

Estive na Feira do Empreendedor em Maceió que aconteceu no dia 9 à 12 de Outubro e foi uma experiência incrível e vi muitas coisas legais e claro não poderia deixar aqui informações sobre uma aplicativo de excelente qualidade o e-gourmet. Segue abaixo um pouco da explicação dele.

Tecnologia Limpa

O E-gourmet é um aplicativo interativo que possibilita um atendimento rápido e personalizado. A ferramenta proporciona ao cliente a comodidade de navegar em um cardápio digital sendo acessado pelo seu próprio equipamento móvel (smartphones, tablets ou notebooks). Uma tecnologia limpa que coopera com a sustentabilidade, pois evita a impressão de cardápios em papel.

Multi-Idiomas

O E-Gourmet traduz automaticamente a navegação e possibilita a tradução do conteúdo do cardápio para diversos idiomas. O cliente poderá selecionar em qual idioma deseja ser atendido.

Agilidade

O aplicativo agiliza o atendimento do bar ou restaurante, enviando instantaneamente as solicitações dos clientes para as áreas de cozinha, bar ou o caixa.

Ferramenta Ativa

Para obter informações gerenciais, o gestor não precisa gerar relatórios pois o E-Gourmet envia automaticamente indicadores econômico-financeiros construídos de acordo com a necessidade do estabelecimento. É a informação na palma da sua mão, em qualquer lugar.

Certificação

O E-Gourmet é um Sistema certificado e atende a nova exigência fiscal PAF-ECF

Metri Digital

O Metri Digital é a ferramenta de acompanhamento e gerenciamento de filas de espera, ocupação das mesas, desempenho das vendas e pesquisa de satisfação dos clientes. Também auxilia na diminuição das perdas por erros de anotação, roubos ou desperdício. Tudo on-line, onde quer que você esteja.

Interatividade

O E-Gourmet possibilita ao seu cliente: fazer pedidos, acompanhar o status do pedido, chamar o garçom, consultar e solicitar o encerramento da conta e responder a pesquisa de satisfação. E tudo de seu smartfone ou tablet.

Ouvir o Cliente

No ato de fechamento da conta, através do seu aparelho móvel, o cliente pode preencher uma pesquisa de satisfação ajudando o monitoramento da qualidade no serviço de atendimento. As perguntas são totalmente montadas pelo estabelecimento e em caso de opinião negativa ou insatisfação o gerente é imediatamente acionado em seu dispositivo móvel. Isso dá a oportunidade de tratar os problemas no momento em que acontecem, aumentando o nível de satisfação dos clientes.

Fidelização

Por meio de novos acessos, o E-Gourmet reconhece os seus clientes e ajuda a identificar as suas preferências propiciando um atendimento personalizado e mais agradável. No caso de promoções e novos pratos, o sistema descreve o perfil completo de cada cliente e permite o envio de mensagens via SMS.

Redes Sociais

Com apenas um click em seu dispositivo móvel, o cliente pode compartilhar on-line o momento em seu restaurante.

Vinhos


Além de tudo isso, o E-Gourmet acessa uma carta de vinhos digital que disponibiliza uma seleção de vinhos por região, tipo, uva, características ou preço e um Somelier digital com harmonização dos vinhos com os pratos do cardápio ou dos pratos com os vinhos da carta.




sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Confeitaria Colombo - um local encantador que tive o prazer em conhecer


Confeitaria Colombo – Fundada em 1894


Em seus espaços grandiosos reluzem espelhos belgas e imperam o belíssimo mobiliário em jacarandá e as bancadas de mármore italiano. São mais de cem anos de história. Desde de 1893 a Colombo, símbolo máximo da belle époque da cidade, faz parte do Patrimônio Histórico e Artístico do Rio de Janeiro.
Mas não são apenas os grandes salões, palco de recepções a visitantes ilustres como o rei Alberto da Bélgica, em 1920, a rainha Elizabeth da Inglaterra, em 1968, ou mesmo políticos, escritores e artistas, que marcaram a história.
Baixelas de prata portuguesa, louças da Cia Vista Alegre, mais de 500 cardápios antigos, fotos e embalagens de produtos comercializados pela Confeitaria no século passado fazem parte do belíssimo acervo, exposto no Espaço Memória. Criado em 2002, o Espaço pode ser reservado para eventos com até 30 pessoas.

Como estudante, pesquisadora e blogueira gastronômica tive o prazer de passar pelo centro do Rio de Janeiro e entrar por alguns minutos na confeitaria, o sentimento que tive foi de surpresa e de alegria, pois, é um local lindo e bem detalhado e tudo é luxo. Conhecemos o Sr. Orlando Duque, o garçom mais antigo da confeitaria, muito educado e simpático. E como uma boa blogueira gastronômica perguntei a ele quem era o chef confeiteiro e ele me respondeu: Sr. Renato Freire, e por minha sorte e obra do destino quando desço da área de cima da Colombo, o Sr. Orlando prontamente me apresenta ao chef confeiteiro e claro pedi para tirar uma foto com ele. Para foi um momento mágico e único conhecer a Colombo. Infelizmente não tive tempo de degustar, quem sabe em uma próxima oportunidade.

Fotos:


Eu e Chef Renato Freire















Sr. Orlando Duque (Garçom mais antigo)






Confeitaria Colombo

terça-feira, 1 de outubro de 2013

Biblioteca de Manguinhos - Acervo de culinária

No dia 26 de Setembro de 2013, tive o prazer de conhecer um projeto muito lindo que é a Biblioteca de Manguinhos na Zona Norte do Rio. E tive uma grata surpresa de encontrar um pequeno acervo de culinária e por sinal muito rico. Dedico este poster aos profissionais da alimentação e aqueles amantes de livros e culinária. Como aluna bibliotecária eis aqui a ponte entre as duas profissões como denominei de informação gastronômica.

Todos supõem conhecer bem o pão, esse alimento universal e ao alcance diário do paladar de ricos e pobres, mas serão surpreendidos nesse trabalho pela variedade de informações que o tema fornece. Sua antiguidade, que faz desse alimento um produto tipicamente artesão, contrasta, por exemplo, com sua modernidade, no sentido do que já se criou em panificação e da interminável condição de continuar criando. Gourmand World Cookbook Awards 2005 - Melhor Livro sobre Pão

Link: 
http://www.editorasenacsp.com.br/portal/produto.do?appAction=vwProdutoDetalhe&idProduto=20064


Falar em Esopo é citar uma sabedoria que não envelheceu, apesar de seus 27 séculos de idade. É mencionar a solidez dos princípios do homem através de perfeitos retratos do seu caráter e das fascinantes variações de seu comportamento. De tão sólidos, estes princípios sobreviveram, tal Homero e Virgílio, à criatividade de seus intérpretes e tradutores, entre eles um certo Jean de La Fontaine. 


E eis que, na virada de mais um desses séculos, o jornalista, contista e fotógrafo Pedro Ernesto de Luna resolve dar a sua interpretação às morais e às histórias do fabulista grego, instigado pela curiosidade da neta, pela vocação revelada de pesquisador e pela frugalidade e o frescor dos temas de cada uma das fábulas selecionadas em A fabulosa culinária do Mediterrâneo dos contos de Esopo, todas dignas de animados debates à mesa do jantar.

O serviço deste jantar, mediterrâneo como convém a Esopo, nos é servido por Piero Cagnin, veneziano de nascença, brasileiro por sofisticação, que manteve absoluta fidelidade de técnicas e ingredientes, que, mal desconfiava ele, somente Alain Ducasse soubera descrever, em seu Cuisine de l’essenciel.


A ligação entre a simplicidade dos contos e a leveza das receitas está tramada em um notável arrazoado sobre a gastronomia do Mediterrâneo de Esopo, que Pedro de Luna desenvolveu com apuro histórico e que antecede o capítulo dos Contos e Receitas.



Em seus argumentos, que chegam ao requinte de explicar, seguindo os caminhos marítimos de Esopo, a origem de termos e paladares que levaram os sabores do Mediterrâneo à moda, revirou túmulos tebanos, investigou templos babilônicos e interpretou os dizeres de bíblias e alcorões.



Em resumo, dois autores e suas histórias de alta moral se transformam nesta viagem pela fabulosa culinária mediterrânea dos contos de Esopo, que vai atiçar a mente fabulosa de jovens fabulistas ou a verve fabulista de cozinheiros fabulosos.




AS MELHORES RECEITAS Maria Thereza Weiss Maria Thereza Weiss tem se dedicado à arte da culinária há 50 anos. Depois de muita pesquisa e infindáveis horas à beira do fogão, Maria Theresa decidiu selecionar algumas das milhares de receitas que reuniu durante toda sua vida no livro AS MELHORES RECEITAS. Para facilitar a consulta, Maria Thereza reuniu das mais simples até as mais sofisticadas receitas e as agrupou em diferentes capítulos. No livro, pode-se encontrar tudo sobre chás da tarde, canapés e salgadinhos, massas, sopas, entradas e saladas, frutos do mar, carnes, aves, arroz e risotos, legumes, cogumelos, molhos especiais, fondues e racletes de queijo e sobremesas. Ela ensina como preparar tudo aquilo que se come nos restaurantes e nunca se consegue fazer em casa, como carpaccios diferentes, de salmão ou haddock. Sem contar que AS MELHORES RECEITAS também oferece dicas sobre como organizar cardápios, qual a decoração de mesa mais adequada para as diferentes ocasiões e o que se deve servir em almoços ou jantares à americana ou em brunch.

Link:
http://www.extra.com.br/livros/LivrodeGastronomia/Culinaria/Editora-Record-Melhores-Receitas-de-Maria-Thereza-Weiss-82102.html


Era uma vez um alimento cultivado há pelo menos oito mil anos pelos incas. Versátil,, saiu das alturas dos Andes, no século XVI, para espalhar-se por todo o mundo. Dos desertos do Oriente Médio às terras africanas. Introduzido na Ásia pelos holandeses, chegou à China, hoje seu maior produto. Andou pelos céus: foi a planta escolhida para ser observada num espaço sem gravidade, tornou-se estrela da nave Space Shuttle Columbia. Seu grande feio, no entanto, é poder acabar com a fome, a baixos custos e muita rentabilidade. São mais de duzentas espécies botânicas e cinco mil variedades, adaptando- se com facilidade a climas e solos diferentes. Proporciona prazer: do purê às fritas, do bolinho às recheadas. È, pois, com alegria que os Chefs da Associação dos Restaurantes da Boa Lembrança fornecem aqui 66 receitas inéditas e saborosíssimas. Em todas, o clima de alo astral: "Ao vencedor, as batatas!" já dizia Machado de Assis, em "Quincas Borba."

Link: 
http://www.siciliano.com.br/prod/168342/?pac_id=32597&FIL_ID=102

A Dieta Japonesa' reúne algumas receitas deliciosas dessa cozinha típica que é considerada, também, a mais saudável do mundo. Um livro único, ótimo para ser degustado por gourmets e por todos os que sonham em reduzir a cintura sem renunciar aos prazeres da boa mesa.

Link: 
http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-510765274-livro-dieta-japonesa-yoko-takahashi-frete-gratis-_JM




Aroma Árabe" é uma saborosa coletânea de cultura, recordações e histórias do Oriente Médio. Receitas fáceis de preparar são entremeadas com relatos e anedotas sobre tradições e costumes dessa região, contados em prosa agradável e envolvente.


Em Azeite: História, Produtores, Receitas, Luciano Percussi coloca sua consistente experiência como empresário do ramo da gastronomia e da enologia a serviço da apresentação de um alimento muito tradicional em nossa cultura.: o azeite de oliva.
Aliando receitas criadas e testadas pela chef Silvia Percussi a um roteiro para degustação do azeite, o texto proporciona ao leitor não só indicações de pratos de execução simples em que esse óleo é um componente importante, como ensina e comenta a maneira de melhor identificar suas características mais sutis.

Quem é que disse que cozinha não é lugar de criança? Quando estamos bem orientados não há por que não colocar a mão na massa! E quando estamos com fome... Ora, nem todo dia é dia de sanduíche. "Bagunça na Cozinha" resolve esse problema. São mais de 70 receitas, e receitas de verdade, explicadas passo a passo e testadas dezenas vezes por adultos e crianças. Você poderá fazer uma refeição inteira, da salada à sobremesa. E, quem sabe, depois de treinar um pouco, você poderá até dar umas dicas para sua mãe quando ela tiver dificuldade. 
Este guia traz informações fundamentais sobre o mundo da bebida mais fascinante do mundo. O guia aborda as variedades de uvas, as regiões produtoras e os estilos de vinhos italianos, além de combinações da bebida com pratos e sobremesas.
Traz ainda as listas dos vinhos Top 10 selecionadas pelo Master Sommelier Vincent Gasnier: 10 melhores vinhos tintos, 10 vinhos brancos mais indicados, 10 segredos essenciais, 10 vinhos ideais para o dia a dia, 10 vinhos excelentes para sobremesa, 10 melhores produtores, 10 fabulosos Amarones, 10 vinhos da Toscana deliciosos, 10 melhores vinhos da região Sul e muito mais.


Obs: Pesquisei sobre o conteúdo de alguns livros, esperem que gostem e degustem com os olhos.

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Cozinha Feeling Food by Cássio Prados

Feeling Food sob a ótica de seu criador Cássio Prados: (Cozinha de Sensações, Sentimentos e Energia), com diferentes texturas, apresentações, aromas e o principal; trabalhar com o emocional das pessoas na hora de uma degustação.


"Eu pratico muito à cozinha técnico emocional, brincos com as texturas, sensações e expectativas dos comensais em formato de produções lúdicas e interativas, mas sempre com sabor, técnica de cozinha e muito amor".




Para quem quiser conhecer mais sobre Feeling Food na Homecooking by Cássio Prados, é oferecido os seguintes serviços para o máximo 5 pessoas:

Cursos;
Jantar;
Degustação;
Fotografia;
Programas de TV.

Além disso conhecerá um pouco da história gastronômica do chef, sua técnicas, dicas, curiosidades e muita informação de cozinha.


domingo, 25 de agosto de 2013

Curso Gestão de Restaurantes e Bares





3. Objetivos

3.1. Geral

 Capacitar os profissionais envolvidos com a gestão de restaurantes e bares com técnicas de gestão visando melhores resultados com a evolução a qualidade do serviço e oferta de produtos.

4. Público alvo

 Gestores de Restaurantes, Bares e Hotéis;
 Estudantes de turismo e Eventos.

5. Metodologia

 Aulas expositivas, debates e estudos de casos.

6. Estrutura Curricular

I. Administração de Materiais: Compras, Almoxarifado e Controle de Estoques – (30 horas)


Objetivos, Funções e Fundamentos. Atividades de Compra e seus Instrumentos. Gestão de Estoque: Previsão, Níveis de Controle, Custos e Avaliações e Classificações, Curva ABC, Armazenamento e Movimentação.

II. Gestão de Restaurante e Gastronomia – (30 horas)


Níveis de decisão. Noções de planejamento estratégico e conceito. Política de preços: objetivos, métodos e outras questões. Clientes: relação entre satisfação e lealdade; público-alvo e suas características. Organização operacional: divisão das praças, tipos de fluxos dos documentos administrativos; "Mise-en-place" de restaurante e mesas, atendimento ao cliente, abordagem ao cliente e etiqueta à mesa. Conceitos básicos sobre custos, Fichas técnicas operacional, de custos e fator de correção. Interpretação e desenvolvimento de cardápios. Requisitos comportamentais e atribuições do garçom. Implementação do esforço do marketing.

III. Direito Trabalhista e Previdenciária – (30 horas)


Relação de emprego e seus sujeitos. Fundamentos de Direito Coletivo do Trabalho: Convenções Coletivas de Trabalho; Conflitos Coletivos de Trabalho (Direito de Greve); Organizações Sindicais. Fundamentos de Direito Individual do Trabalho: Contrato de Trabalho; Principais Obrigações Trabalhistas; Fundo de Garantia por Tempo de Serviço; Salário. Previdência Social. Acidentes de trabalho.

IV. Contabilidade Gerencial – (30 horas)


Lucro empresarial e variações de preços. A análise de balanços como instrumentos de avaliação do desempenho. Fundamentos de contabilidade de custos. Relações custo/volume/lucro. Utilização de informações de custos para decisão do tipo qual produto cortar. Informações contábeis para decisão especiais. Conclusões e rumo da contabilidade gerencial.

V. Controle Financeiro – (30 horas)
Tipos de controles financeiros. O fluxo de caixa como ferramenta básica. As avaliações de desempenho financeiro. Planejamento Financeiro e orçamentário. Projeções financeiras.

VI. Marketing Gastronômico – (30 horas)


O papel do marketing nas organizações e na sociedade; satisfação, valor e retenção do cliente. Pesquisa de marketing. P ambiente de marketing. O comportamento do consumidor. Segmentação do mercado. Posicionamento e diferenciação da oferta de marketing. Composto de marketing.

7. Carga horária

- 180 horas – cada módulo com 30 horas.

8. Local das aulas

- Faculdade Integrada Tiradentes - FITS

9. Período:

- Inicio das aulas 10 de Setembro de 2013.

10. Horário

- Terça e quartas-feiras das 14 às 17 horas.

11. Investimento

- R$ 270,00 (Duzentos e Setenta Reais) por módulo



 Qualquer dúvida ligar para o cel. 9128-6957 Luiz Pacionni.


sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Caldos de Peixes e de Carne do Norte e da Amazônia

           É de costume servirem-se os pratos de peixes com uma vasilha de caldo sobressalente temperado com outros estimulantes, como sejam pimenta queimosa, limão, sal, alho, cheiro-verde cortadinho, para aumentar o apetite.


Caldo de Carnes - Os cozidos de carnes bovinas, de carneiro, de porco, de animais de caça, de aves, costumam ser seguidos de vasilhas com uma quantidade de caldo, da mesma panela, porém, mais temperados, com cebola picada, alho, cominho, cebolinho, para dar um gosto mais acentuado ao prato servido. Isto não obsta que seja tomado o caldo sem estes outros temperos, como queiram. 


Pirão Escaldado - Do próprio caldo quente, retira-se a quantidade necessária, meio gordurosa, em vasilha adequada, no qual se pões farinha seca ou d'água (escolhida), mexendo-se até ficar ligado; da mesma forma se procede com o pirão ou  farofa, quando se menos molhado, para ser colido com carnes fritas, assadas de espeto, ou de grelha, na brasa, à maneira dos churrascos; nesse caso; juntando-se cebola picada, cheiro-verde, tomate e alho.


Angu - É preparado para  cozidos de carnes, peixes, com farinha - seca ou d'água (branca), ou farinha de milho (fubá), ficando meio denso, sem a consistência de pirão; por isso é mais delicado; figura quase sempre nos cardápios dos restaurantes, complementando alguns pratos: "peixe cozido com angu", e outros mais.


OBS: As fotos são ilustrativas, não contém no livro.

Fonte: Antologia da Alimentação do Brasil do autor Câmara Cascudo.

domingo, 4 de agosto de 2013

PATRICIA MORYTA - CAKE DESIGNER




Ontem dia 03 de Agosto de 2013 no curso de cake designer na Casa de Culinária, tive a oportunidade de conhecer o trabalho da Cake e ministrante Patrícia Moryta, uma profissional super talentosa e cada dia mais estará conquistando espaços. Como professora pude perceber a simplicidade de sua palavras e de forma precisa e clara como passa os ensinamentos. Patricia Moryta tem um futuro  brilhante pela frente. Acredito que quem percebe isso é quem acompanha ela e aprende com ela técnicas ensinadas. Ela ministra suas aulas com materiais de excelente qualidade, e um desses materiais está incluso a empresa ArtCake. Para quem não conhece o trabalho dela, vale muito a pena participar do curso. Não deixam de aprender e deixar suas artes mais bonitas e ter seu trabalho valorizado.

                    Querendo saber mais faça o curso da Jovem Cake Designer Patrícia Moryta.