sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Saladas Quentes Crocantes



Você pode deitar e rolar com toda sua criatividade. Se praticamente todos os vegetais podem ser comidos crus, melhor ainda crocantes, passados rapidinho pela frigideira com pouquinho de azeite e alho. Isso limpa, aquece para facilitar a digestão, poupa calor interno e ao mesmo tempo preserva as enzimas que se perdem no cozimento. Enzimas são vida. É mais fácil manter a saúde se 1/3 do prato for de vegetais crocantes. 

Segue algumas combinações para experimentar:

Cenoura, rabanete, pepino, yakon

Cenoura, chicória, pepino

Alface, beterraba, salsinha

Couve-chinesa, cenoura, rabanete

Repolho, cebola, cenoura, mel, limão

Agrião, maçã, beterraba

Cenoura, nabo, chuchu, cebolinha

Cenoura, coco ralado (fresco), hortelã, limão

Abobrinha, rabanete, azeitona, coentro

Abóbora, alface, manjericão...


Nabo / Fonte: benefícios naturais

Rabanete / Fonte: Embrapa


Yakon / Fonte: Olx


Corte em tiras, palitos ou fatias finas. Pode misturar qualquer tipo de folha e folhinhas aromáticas como manjericão, salsa, coentro, cebolinha. Experimente juntar, coco, amendoim, outras sementes e castanhas, brotos.

Para salada crua, uma ralador é muito útil por que faz as coisas mais duras ficarem fáceis de mastigar. Mergulhar vegetais picados em água com limão ajuda a conservar a cor. Temperar com azeite, limão, sal e pimenta.

Novamente, moderar o sal; não abusar do azeite e pimenta; se quiser vinagre, existem os naturais de maçã, de arroz e de vinho. Mas o limão substitui numa boa.


Fonte: BOCA FELIZ
Autora: Sonia Hirsch